A revolução do 25 de Abril de 1974 trouxe a Portugal Liberdade, pondo fim a um longo período de Ditadura fascista de 49 anos. Após 1976 houve retrocessos graves no processo desta revolução, patrocinada por partidos reaccionários de direita tendo como aliados algumas famílias Fascistas. Portugal foi caminhando o trilho de uma sociedade capitalista, geradora de profundas injustiças sociais.



Neste blog iremos denunciar os sistemáticos atentados que todos os dias ocorrem às Liberdades, Direitos e Garantias que herdámos de homens e mulheres que lutaram para que fosse possível o maior acontecimento histórico do século xx em Portugal.



terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Reformados, pensionistas e idosos manifestam-se em Lisboa


Os reformados na pobreza e o capital a engordar!

Milhares de reformados de todo o pais dirigiram-se a Lisboa mostrar o seu descontentamento com as politicas deste Governo.

Faziam com varias palavras de ordem :

"MURPI como parceiro social"
"Pensões de reforma dignas para os reformados"
"Médico de família para todos"
"Reformados e pensionistas tem sede e fome de justiça"
"É tempo de os deputados cumprirem as promessas feitas"
"Com a direita a governar os pobres é só pagar"

"Filhos de Abril": Estas eram algumas das exigências e denuncias !

Esta foi uma iniciativa promovida pela INTER-reformados/CGTP-IN, e pela confederação Nacional de reformados, pensionistas e idosos(MURPI).

a luta agudizou-se quando os reformados souberam que este governo (José Socrates), anunciou que em 2010 as pensões mais baixas e inferiores a 630€, seriam aumentadas uns mizeros 1,25 por cento.

quer dizer: Aumentos na média, de 17 e de 14 cêntimos por dia.

-Sr Primeiro tenha vergonha ou você não se consegue por no lugar destas pessoas ou o mais é importante para si que os 5 maiores bancos que ganham por dia 5 milhões de €; com SR e todo o Bloco de interesses muito generosos ajudando com 20 mil milhões de € para salvar a Banca!

Para o banco milhões para os reformados tostões.


Os "filhos de Abril": Pedem a todos que se juntem esta luta, porque todos nós seremos reformados um dia!

Todos os reformados do concelho de Paredes unam-se às confederações sindicais CGTP e ao MURPI:

PELA:
  • Melhoria do poder de compra!
  • Melhores reformas e pensões no sector publico e privado!
  • Revogação do factor de sustentabilidade reduz ano após ano os valores da reformas de futuros trabalhadores!
  • Reforço da organização e do funcionamento do serviço nacional de Saúde adequados, de acesso facilitado e de resposta aos problemas das pessoas idosas independentes!
  • Medidas de combate a pobreza e a exclusão Social na sociedade Portuguesa!
Srs ministros da assembleia:
"Ser velho não é um defeito!"