A revolução do 25 de Abril de 1974 trouxe a Portugal Liberdade, pondo fim a um longo período de Ditadura fascista de 49 anos. Após 1976 houve retrocessos graves no processo desta revolução, patrocinada por partidos reaccionários de direita tendo como aliados algumas famílias Fascistas. Portugal foi caminhando o trilho de uma sociedade capitalista, geradora de profundas injustiças sociais.



Neste blog iremos denunciar os sistemáticos atentados que todos os dias ocorrem às Liberdades, Direitos e Garantias que herdámos de homens e mulheres que lutaram para que fosse possível o maior acontecimento histórico do século xx em Portugal.



quarta-feira, 10 de março de 2010

PIOR QUE TODAS AS DOENÇAS, É O CAPITALISMO!

Pior que a gripe sazonal, gripe - A, doenças que existiram, que existem, e até outras bem piores que possam vir a aparecer, é o Capitalismo!
Por ser o principal responsável pelas maiores carnificinas humanas que há muito vêm a acontecer, e assim continuará enquanto não for extinguido.
Porque se trata de um sistema que vive exactamente, não à custa do bem, mas essencialmente à custa do mal dos povos.
Por exemplo: - se o mundo vivesse em paz, o que seria do Capitalismo?
Eu atrevo-me a dizer: - não podia existir!
Porque a Paz, não é fonte para matar sua sede, nem a mesa que serve o seu sustento!
E para prová-lo, veja-se o exemplo de Obama, Presidente dos estados Unidos da América, (a maior Potência Imperialista e trave mestra do Capitalismo Mundial)que para chegar ao poder prometeu a Paz não só ao povo Americano, como também conseguiu criar muitas ilusões aos povos do mundo inteiro.
Mas assim que venceu as eleições, logo preferiu seguir o mesmo método sanguinário que o seu antecessor, o Republicano, George Bush.
Pois em vez de pôr fim ás guerras que por objectivos Imperialistas a U.S.A. fabricou no mundo Árabe, e que já ceifou um mar de vidas, semeou a fome, o desentendimento, o terror e destruiu muitas cidades milenares. Acabou há bem pouco tempo, de anunciar o envio de mais 30000 militares por parte dos EUA para o Afeganistão.
É caso para pensar, como é possível, que mesmo assim, o mundo tenha assistido há grande hipocrisia, de lhe terem atribuído o Prémio Nobel da Paz?
A Paz não pode ser confundida com os amantes das guerras. E por isso entendo que esse Prémio, pelo claro empenho de Obama em manter os Patrões das guerras: Deve-lhe ser retirado, e os mesmos senhores que lhe atribuíram tal Prémio: - devem sim, criar o “Prémio Nobel da Guerra”. E então, ao Sr. Obama devem-lho dar, porque bem o merecerá.
Sempre ouvi dizer: - que não são as cores que são responsáveis pelo bem ou pelo mal. Mas sim o que por baixo delas possa estar escondido. E sendo assim, que importa que o Sr. Obama, até tenha sido o primeiro negro a ser eleito como Presidente em toda a historia dos Estados Unidos da América?
Se até como se sabe, foi eleito pelo partido Democrático Americano? Que tal como o Partido Republicano, que foi derrotado, ora um, ora outro no poder, para defenderem os interesses dos poderosos Americanos e do mundo, a tudo de mal têm recorrido.
È entretanto revoltante ver o governo PS/Sócrates, para tentar branquear as suas enormes responsabilidades politicas pela situação de miséria em que milhões de portugueses se encontram, vai dizendo que a culpa é da crise Internacional.
Mas já anunciou que em Janeiro, vai enviar um novo contingente militar português para o Afeganistão, como forma é claro, de dar o seu servil apoio à decisão de Obama.
Sócrates (que até se diz Socialista), diz não haver dinheiro para melhoria a sério dos salários, reformas e pensões. Mas há dinheiro para gastar aos milhões, em armas e militares. Para ajudar o seu amigo Obama principal mascote actual, do Capitalismo mundial.
Pelo desarmamento, contra o envolvimento de Portugal nas guerras Imperialistas, pelo regresso imediato das tropas Portuguesas do Afeganistão, contra os anseios imperiais do capitalismo, é imperioso lutar pela Paz!
Devido à sua essência o Capitalismo é Desumano e cruel!
Não há outra saída – o futuro! – é o Socialismo!

Armando Mesquita