A revolução do 25 de Abril de 1974 trouxe a Portugal Liberdade, pondo fim a um longo período de Ditadura fascista de 49 anos. Após 1976 houve retrocessos graves no processo desta revolução, patrocinada por partidos reaccionários de direita tendo como aliados algumas famílias Fascistas. Portugal foi caminhando o trilho de uma sociedade capitalista, geradora de profundas injustiças sociais.



Neste blog iremos denunciar os sistemáticos atentados que todos os dias ocorrem às Liberdades, Direitos e Garantias que herdámos de homens e mulheres que lutaram para que fosse possível o maior acontecimento histórico do século xx em Portugal.



sábado, 9 de junho de 2012

Comunicado do PCP sobre o encerramento do tribunal de Baião


Ao povo de Baião

O tribunal de baião condenado ao encerramento

Corria o ano de 2007, quando nos pronunciamos frontalmente contra a possibilidade do encerramento do Tribunal de Baião, no âmbito das previsões do famigerado Novo Mapa Judiciário, mais uma obra distintiva dos acordos entre o PS o PSD e agora em concretização acelerada pelo atual governo de direita, que ainda quer ir mais além das determinações da «troika» internacional, demonstrando uma total falta de respeito pela população portuguesa.
Neste sentido, convém, no entanto, recordar aos Baionenses o seguinte:
O programa de encerramento de serviços públicos essenciais à população, tais como, o Tribunal, as Finanças, a Segurança Social e outros neste concelho, não é só de agora, mas vem desde os governos PS do Engenheiro Sócrates, como o PCP em tempo oportuno alertou em comunicados tornados públicos, veja-se a extinção da delegação da Segurança Social e a privatização da Estação dos CTT na Vila de Santa Marinha do Zêzere.
O encerramento de serviços públicos, a extinção/anexação de Freguesias, a elevadíssima taxa de desemprego, os problemas na área do pequeno e médio comercio e indústria, a liquidação da agricultura, representam as causas de alguns sinais altamente preocupantes da pobreza extrema existente no Concelho e confirmam o que o PCP tem alertado insistentemente há alguns anos:
Baião caminha vertiginosamente para a sua extinção como Município.
Como sempre, o PCP estará na linha da frente e ao lado dos Baionenses, apoiando incondicionalmente todas as suas lutas para a salvaguarda dos seus legítimos direitos e interesses, agora não nos peçam para apoiarmos pretensões oportunistas de quem sempre deu o seu aval às políticas prejudiciais em curso e, virando a casaca, a pretexto do encerramento do Tribunal, pretende lavar as mãos como Pilatos e vir para a rua hipocritamente contestar aquilo que sempre apoiou.

PCP/Baião, 01/06/ 2012