A revolução do 25 de Abril de 1974 trouxe a Portugal Liberdade, pondo fim a um longo período de Ditadura fascista de 49 anos. Após 1976 houve retrocessos graves no processo desta revolução, patrocinada por partidos reaccionários de direita tendo como aliados algumas famílias Fascistas. Portugal foi caminhando o trilho de uma sociedade capitalista, geradora de profundas injustiças sociais.



Neste blog iremos denunciar os sistemáticos atentados que todos os dias ocorrem às Liberdades, Direitos e Garantias que herdámos de homens e mulheres que lutaram para que fosse possível o maior acontecimento histórico do século xx em Portugal.



domingo, 23 de setembro de 2012

CTT de Baltar "morte com cinismo"


O sítio na NET da Junta de Freguesia de Baltar informa assim:

“A estratégia de encerramento de estações de correios e agenciamento a outras entidades do serviço público postal, levou ao fim da Estação de Correios de Baltar, curiosamente de forma silenciosa e pacífica.” (sublinhados meus a negrito)

Esta expressão por mim sublinhada a negrito revela muito da autoria de tal anúncio autárquico. Pacificamente, submissa e calada, a Presidente da Junta aceita a perda do serviço, das suas características essenciais, do posto de trabalho, da experiencia acumulada, da riqueza identificadora. E fá-lo com cinismo para com os que dela discordam.

A morte também muitas vezes acontece “curiosamente de forma silenciosa e pacífica”. E não deixa de ser morte.

Esta congratulação com a morte de um serviço público é doentia. Afinal para alguns a vila de Baltar não passa de um lugarejo perdido na serra.

Pena não nos anunciar no sítio na NET da Junta de Freguesia a Presidente da Junta da estratégia de encerramento da Mini- ETAR de Baltar. Mesmo que fosse “curiosamente de forma silenciosa e pacífica”.

Texto de CR em : http://www.cris-sheandbobbymcgee.blogspot.pt/2012/09/morte-com-cinismo.html
Fotografia para mais tarde recordar os coveiros de um serviço público de qualidade e confiança